agosto 28, 2007

DE QUEBRADA

Na quebrada escuto o barulho da escola de samba,os tambores agita as pessoas,aquece e também alegra as crianças,não é carnaval mas os preparativos está a todo vapor.
O enredo já está decorado e todos cantam em harmonia,faz a comunidade vencer a cada dia.É fim de semana e alguns preferem descansar,outros tomar banho de sol enquanto conversa com o vizinho sobre os acontecimentos da semana e como anda o ritmo da quebrada.
A movimentação é intensa que até a dona de casa antes de começar a fazer a faxina,liga o rádio no último volume fazendo o samba balançar o quarteirão.
No campão o futebol come solto,a disputa é tão grande que o sol e o cansaço não atrapalha em nada,pois o que mais importa é a vitória,ainda mais quanto vem uns times de outra quebrada.O bar logo em frente está lotado,ali vários manos de responsa domina o jogo de bilhar e dominó,enquanto os malandros da antiga prepara o churrasco e da alguns conselhos para os mais novos,além de várias histórias e experiências de vida.
Nossa...não posso deixar de falar da feira,quanto calor humano e caminhando na feira trombo vários manos,alguns já estão na barraca do pastel,pois até hoje o pastel do japonês é o melhor.

E assim se passa algumas horas...

O sol foi embora,o futebol acabou junto com a movimentação do bar e da feira.É fim de tarde e está na hora de encontrar algumas minas pra fazer um role.
Os manos que já tem namorada,fica guardado na casa da mulher ou senão da uma volta na praça e se o dinheiro da na mão já da um perdido cabuloso.
Enquanto isso alguns manos já marca um role de uma balada que vai lota de mulher,que assim ninguém fica na mão,só se o mano for muita zica mesmo que nem com banho de mel,faz ele conseguir uma mulher pra dar uns apertos...e ai já viu né!
O mano é zuado até o próximo final de semana,mas enfim tudo ocorre na mais pura paz e harmonia.
Pois cada um na sua função e o fim de semana assim prossegue...


Nenhum comentário: