março 03, 2008

ESTRANHO...

O meu ódio não é simplesmente a fúria acumulada por algum sentimento e nem mesmo por um prévio acontecimento.

O meu amor é gerado pelo meu ódio,quando solitário se torna o incrível dom de perdoar e nesse trajeto talvez possa me encontrar...


[continua o enigma]

2 comentários:

Luc's • {conversa.oca} disse...

Salve! Passando pra dar um salve.

Abs;
Lucas

Realest disse...

$alve meu irmão. Eu te entendo. Creio que carregamos a mesma dor, sangramos pelas mesmas veias. Eu vivo em tortura psicológica. Mas a cura está aqui: na leitura, e na escrita; essa constante troca de pensamentos e valores. Me sinto vivo, apesar de tudo. Fica na paz parceiro.