julho 24, 2008

UM NOVO DIA

Acordado desde cedo,passado noites em claro e tentar dormir se torna cada vez mais um desejo inesperado,agradecer por dias melhores ao observar o primeiro raio de sol,ouvir atentamente o canto dos pássaros e sentir a brisa do vento é uma dádiva.
Entender toda a atmosfera terrestre a onde os homens de coração frio habita,escondendo o amor pra não morrer em nome desse mesmo amor não correspondido é viver tendo o mesmo sentimento de opaco prazer.O caos da cidade tira a sua atenção no que é mais puro e sagrado,tantos valores de essência são perdidos por ignorância.


Parei...

Lágrimas que correm junto ao corpo,um olhar de medo outro até mesmo de espanto,guardado em sua consciência lembranças que faz um risco no rosto como um mero sorriso que te torna mais uma vez humano e contemplado aos olhos de uma criança,passa a ver que estás no devido caminho.
O mesmo caminho repleto de espinhos que formam no dia-a-dia mentes confusas,paranóicas e delirantes fazendo do universo o tranqüilizante de suas próprias vidas impuras,que ao anoitecer em reflexo de seus sonhos mostra novamente a pureza.


Parei...

Para agradecer o Anjo que veio presente ao meu coração,como companhia aliviou pensamentos tristes,recuperou brilho nos olhos e me fez dormir novamente tendo bons sonhos,honrado por isso faço meus meros elogios,mais talvez ainda meu anjo não entendeu que a amo,embora simplesmente por eu ter conhecido em pouco tempo,as explicações da vida ainda não revelaram o enigma de todos os segredos do destino.
Assim não entendemos como o amor reage verdadeiramente,mais a realidade mostra seus contrastes como paixão,saudade e ansiedade por ter novamente sua presença.
O meu anjo com uma voz calma e suave me deixa seu nome,como a inicial de Nuvens...,entendo que tudo que é puro lembra a natureza.
E refletindo em calmas águas mostra a sua beleza,junto a flores de perfumes intensos.


Parei junto ao silêncio que você me fez sentir...

Nenhum comentário: