abril 20, 2009

CARAPUÇA

Sorrisos ignorantes,gargalhadas de deboche e enfim raciocínios atrofiados,manipulados pelo que é mais fácil,simples e porque não doce.Altamente agradável aos seus olhos e desejos a flor da pele,jogados diretamente para o mundo em que a televisão acha o mais correto,estético,concreto universo normal.E nessa normalidade as minhas palavras não foram feitas para vocês e infelizmente não alcançaram seus ouvidos inúteis,covardes,mentes paralelas,que sem o balanço da buceta em horário nobre,os seus filhos não saberiam a diferencia da mais bela atriz pornô entregando a sua honra por dinheiro.A sua esposa alimentando internos segredos e sua família se perdendo.
E com o palavreado vulgar ensinaram as pequenas crianças,lindas canções infantis que contaminam todo seu ego,roubam a sua inocência e tendo à um palmo do nariz,a realidade que o sistema sempre quis que você estivesse abraçando e se deparasse ao ser simplesmente limitado,fraco.Te entregando em sua porta como lembrança o BBB da promiscuidade.Fazendo suavemente você não se preocupar com os seus direitos e que nem muito menos fiquem sabendo deles,e que somente pense em como ganhar o seu dinheiro honestamente,sobreviver.Pois te vendem o lazer e toda a cultura,todo o egocentrismo juntamente com o poder do status,ganância.Para te cobrar depois com juros o seu corpo incapaz de sentir novamente a liberdade ou impossibilitado de caminhar,pois a loucura que as drogas ofereceram trouxe em seu coração a paz ,alivio de pensamentos e após esse sentimento a mais profunda perda.Longe dos entes queridos.
Nas esquinas implorando por moedas,alimento,um abraço e porque não,atenção.

Sonhador ou Realista que parou um dia e falou de amor,age com força levando ao seu consciente,à minha atitude de preconceito para aqueles que não entenderam a luta pelos verdadeiros conceitos.Não deixando que roubassem a pureza de um coração,a ingratidão de um sorriso simples.Os momentos de alegria contemplados por infinitos sentimentos sinceros.O novo nascer do dia,sem corpos lamentando a perda de um filho cravado de balas que não foram por nenhum momento doce.Trazendo a ironia do apresentador,um minuto de vitória a mais no IBOPE ,concluímos com sucesso a sensibilidade através da morte,não escondeu de você todo esse simples segundo em que os pensamentos estavam apenas atormentados por mais um minuto sem glória.

Nenhum comentário: