setembro 03, 2009

O AR

A porta se abriu...

Logo após se fecharam rapidamente como as janelas e qualquer brecha que pudesse sugir algum sinal de oxigênio.As pessoas começaram a se proteger dentro de suas próprias casas usando mascaras de gás e com os olhos apavorados repletos de todo medo que habitava naquele instante,a transpiração de seus corpos,os batimentos cardíacos acelerados fazia a adrenalina corromper os pensamentos óbvios.

O ar contaminado fizeram os pássaros cairem,já as nuvens nubladas e o céu coberto por cinza impedia a luz solar refletir sobre a terra.As árvores por sua vez,tem o tronco seco,suas folhas não existem mais pois se decomporão com o vento que passou suavemente,mas desordenado fora de qualquer controle.Não surgiu nenhuma espécie de animal sobre a floresta e nem muito menos os cães uivaram sobre a cidade.

As estradas abandonadas,o sino da igreja toca constantemente.Mas Deus não ainda veio,não enviou seus anjos para aquele povo que passou tanto tempo orando,rezando...Invocações.As crianças não se iludiram com os contos de fadas,super heróis e nem um sinal de felicidade.Pois agora elas não brincam mais de balança no quintal e nem podem correr de um lado para o outro.

Tentam apenas respirar e retornar a viver normalmente...


Nenhum comentário: