junho 14, 2011

SEM MAQUIAGEM

                                 

Sou a mulher, com um sorriso atraente e um pensamento voraz. Posso me transformar em homem sem precisar fazer plástica, mas me escondo por ruas, esquinas, becos... posso viver em qualquer lugar, mas prefiro me revelar na cama sem drama, e se tiver algum que seja apenas aquele formado por algum sentimento de raiva, ódio e provavelmente até medo.

A minha maquiagem pode ser suave ou forte, mas não pode ocultar por tanto tempo a verdade, posso te enganar com palavras doces, mas o meu beijo continua amargo, venenoso. Tento controlar meu corpo para não me jogar em outro, mas o pecado consome a todos. Os motivos muitas vezes não são sinceros e o ato de fugir se torna o mais fácil, queria tanto olhar nos seus olhos enquanto existe luz, mas não consigo devido o sentimento de culpa. Mas e se a culpa não for minha? O que devo estar sentindo?


Confuso...


Mas sou aquela mulher que o coração se perdeu, a ética da sociedade me julgou ou apenas jogou na minha cara o pecado, o mesmo pecado que um homem sentiu bem antes de mim. Se não me engano ele tinha recebido um beijo no rosto e na atualidade resulto a minha vida ao prazer, já falei e vou repetir...
A minha maquiagem é borrada e dessa forma atraiu homens e mulheres ao mesmo erro, enfim muito prazer me chamo Traição, a qual nenhuma maquiagem consegue esconder.

Nenhum comentário: